Confira aqui as principais datas do Enem 2018.

Se você é um estudante e já está se preparando para realizar as provas do Enem 2018 e conquistar a tão sonhada vaga em uma universidade do país, saiba que o edital do exame já está pronto. Continue lendo este artigo e saiba todas as informações sobre o exame.

De acordo com informações do Inep, que é o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o edital do exame deste ano de 2018 passou algumas modificações, ou melhor, aperfeiçoamentos.

O Instituto, nesta última segunda-feira, dia 19, divulgou uma nota à imprensa afirmando que em uma terça-feira, dia 27 do mês de fevereiro, esteve reunido com representantes do MPF, Ministério Público Federal, onde foram apresentadas algumas propostas para aperfeiçoamento do edital previsto para este ano de 2018.

As fotos registradas durante essa reunião foram publicadas na conta oficial que o Inep possui no Facebook.

O Inep ainda informou que estavam presentes na reunião Maria Inês Fini, que é a sua presidente, diretores de diversas áreas do Instituto, membros da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, do GT de Educação do Ministério Público do Pará e do MPF de Brasília.

Na tarde da última terça-feira, dia 19 do mês de março, foi realizada em Brasília uma entrevista coletiva em que Mendonça Filho, que é o Ministro da Educação, informou que o Ministério da Educação não pretende fazer a divulgação de trechos do edital antes que seu lançamento oficial seja realizado, o que está previsto para acontecer no dia 21, próxima quarta-feira. Antes disso, nenhum ponto em relação ao documento será divulgado.

Ainda de acordo com o que foi dito pelo Ministro, as mudanças que compõem o edital do exame de 2018 foram acordadas em reuniões realizadas com os procuradores, porém, todas elas são para que haja uma melhoria dos processos que irá beneficiar a todos, baseando-se no edital de 2017.

Mendonça Filho afirmou que desde o ano de 2016 o Enem já merecia significativas mudanças, como o novo sistema de provas aplicadas em dois domingos, que foi a novidade da edição de 2017 e que auxiliou em muito os estudantes, refletindo assim nos resultados.

Enquanto o edital do Enem 2018 não é oficialmente divulgado, veja abaixo o calendário de 2018 do exame:

– 21 de março: Publicação Oficial do edital Enem 2018;

– De 07 a 18 de maio: Realização das inscrições;

– Dias 04 e 11 de novembro: Realização das provas.·.

Este calendário já havia sido divulgado no dia 18 do mês de janeiro, juntamente com os resultados do Enem 2017. E até o momento, as datas permanecem as mesmas.

O Exame Nacional do Ensino Médio é realizado todos os anos e a cada ano vem ganhando mais importância da vida dos estudantes, pois as notas obtidas no exame podem ser utilizadas em diversas universidades do país. Por meio de programas criados pelo Governo Federal, como o SISU, PROUNI e Fies. Sem falar das várias universidades que já não mais aplicam as provas de vestibulares tradicionais, preferindo utilizar como método de classificação e aprovação as notas obtidas pelos candidatos do Enem.

Por isso, o Enem é um exame tão esperado e que os alunos se preparam tanto para a sua realização. Ele é um exame completo que aborda todas as áreas do conhecimento de uma forma diferente, interdisciplinar, numa linguagem moderna que vai de encontro aos conteúdos aprendidos no ensino médio.

Nesse sentido, se você é um estudante e que já está se preparando para o Enem de 2018, fique atento à divulgação do edital, prevista para esta quarta e assim poder conferir todas essas mudanças que conforme disse o ministro, são para a melhoria do exame e assim beneficia todos os candidatos.

Sirlene Montes


Exame terá mudanças e deverá ter edital publicado esta semana.

O edital do Enem 2018 já tem data marcada para a sua publicação, que deve ocorrer no dia 21 do mês de março, quarta-feira, de acordo com a divulgação feita pelo Inep.

É isso mesmo, no final do mês de fevereiro o Inep divulgou que estava se reunindo junto ao Ministério Público Federal, a fim de mostrar as alterações que poderiam ser feitas no edital do Enem. Ainda de acordo com o Ministro, as mudanças que pretendem acontecer ainda não devem ser antecipadas.

Dessa forma, os interessados em realizar a edição do Enem 2018 podem ficar preparados para as mudanças que devem ocorrer em breve, já que alterações no edital, que nada mais são que a oficialização das novas regras do exame, acontecem com frequência.

Para quem não sabe, a prova do Enem, Exame Nacional do Ensino Médio, desde 2009 vem sendo aplicada no mesmo formato, isto é, o candidato precisa fazer 180 questões e uma redação. Devido a grande extensão da prova, uma das regras que até os dias de hoje não se alterou é a de que o exame é dividido em dois dias. Sendo assim, em um dia resolve-se 90 questões e em outro dia diferente, outras 90 questões, além da redação dissertativa.

No entanto, ao longo dessas edições houveram diversas alterações, isto é, desde o novo formato de aplicação, que teve início no ano de 2009, as provas eram realizadas em um mesmo final de semana. Dessa forma, as provas de humanas e ciências eram aplicadas no sábado, sendo que cada uma delas possuía cerca de 45 questões. Já no domingo, as provas eram de linguagens, matemática e redação. O candidato tinha uma hora a mais para concluir o segundo dia do exame, em relação ao primeiro dia.

No entanto, inúmeros participantes estavam insatisfeitos com esse modelo de aplicação, devido ao grande desgaste mental e emocional que as provas causavam, especialmente quando realizadas em intervalos de tempo tão curtos. Dessa forma, após o Ministério da Educação realizar uma consultoria pública, logo no início de 2017, as regras do edital passaram por alterações e, dessa forma, ficou decidido que naquela edição as provas seriam realizadas em dois domingos consecutivos. Além disso, as provas de humanas, linguagens e redação seriam aplicadas no primeiro domingo. Por outro lado, no último final de semana seriam aplicadas as provas de matemática e ciências.

Outras mudanças aconteceram nesses últimos anos, porém, não tão grandiosas como essas últimas citadas logo acima.

O Inep, Instituto Educacional Preparatório, afirmou que haverá mudanças. Contudo, não quis divulgar alguns trechos de antemão, por isso, para conhecer as novas regras será preciso esperar.

É importante ressaltar ainda a necessidade de os candidatos procurarem estar a par das novas regras previstas para o Enem 2018. Isso porque saber quais serão as mudanças logo no início é bom não só para que o candidato possa se preparar melhor para as provas, que serão aplicadas nos primeiros finais de semana do mês de novembro, como também faz com que o candidato chegue ao local da prova mais confiante. Até porque, sabe-se que para realizar uma boa prova e conseguir uma média satisfatória, é preciso bem mais que apenas dominar os conteúdos que são cobrados.

Nos dias de hoje, o Enem é considerado o segundo maior exame de seleção do mundo. No Brasil, podem realizar o Enem estudantes do 1º e 2º ano do Ensino Médio, como treineiros, isto é, podem realizar o exame, mas mesmo que alcançar uma pontuação suficiente para entrar em uma universidade, eles não podem participar dos programas de seleção. Por outro lado, aqueles que estão no 3º ano, último do Ensino Médio, já podem participar de programas governamentais que selecionam os candidatos para a formação de nível superior. Sendo assim, os programas são os seguintes Prouni, Fies e Sisu.

Ana Paula Oliveira Coimbra





CONTINUE NAVEGANDO: